Etiquetas RFID

O que são?

Etiquetas RFID (Radio Frequency Identification) ou identificação por rádio frequência, em português. São pequenos chips que podem ser colocados em uma embalagem ou produto, protegidos por tags, composto por um material de plástico ou silicone, que pode ter diversos formatos. Armazenam dados importantes para identificação e rastreamento.

Como podem ser utilizados?

As etiquetas RFID podem ser utilizadas pelos mais variados ramos de negócios. São uma alternativa ao código de barras para a logística de uma empresa. O controle de entrada e saída, e de identificação dos produtos, será feito através de um pequeno sinal de radiofrequência captado por uma antena.

Qual a principal vantagem?

A principal vantagem da etiqueta RFID é a grande capacidade de armazenar dados e leitura. O sistema pode ler várias etiquetas simultaneamente, com maior distância e maior velocidade, o que resulta em maior produtividade e agilidade na expedição. Além disso, essas etiquetas são opções de segurança no combate à pirataria de produtos.

Diferenças entre etiquetas RFID e código de barras:

Código de barras

  • Código impresso sobre a superfície de uma etiqueta;
  • O código e o leitor precisam estar estáticos para a efetuação da leitura. A leitura precisa ser feita a curta distância e tem baixa velocidade. Apenas um código de barras por vez;
  • Não atende necessidades de detecção e rastreabilidade dos produtos;
  • Por se desgastarem ou ficarem ilegíveis rapidamente, possuem uma vida útil relativamente curta.

Etiquetas RFID

  • não há necessidade de parar o fluxo de materiais para que uma pessoa faça a leitura das etiquetas. É possível a leitura sem contato com o objeto e pode ser lido através de madeira, plástico, papel ou tecido;
  • uma das aplicações mais comuns das etiquetas RFID é otimizar o fluxo de produtos para a armazenagem ou distribuição de mercadorias;
  • Podem ser reaproveitadas;
  • Durabilidade das etiquetas com possibilidade de reutilização.

Tipos de RFID

Existem dois tipos de etiquetas RFID. As etiquetas passivas e as etiquetas ativas.

Etiqueta Passiva

As etiquetas passivas são as mais utilizadas por serem mais simples e baratas. pois não possuem bateria nem transmissor. Possuem uma vida útil maior e por não terem o transmissor são capazes apenas de refletir o sinal vindo do leitor.

Etiqueta Ativa

A etiquetas ativas possuem uma fonte de energia própria, maior capacidade de armazenamento de dados e suporta componentes externos como sensores ou outros dispositivos semelhantes. Devido ao aprimoramento são mais caras.

Para cada modelo de negócio há uma solução RFID. Portanto, se deseja uma solução personalizada para proteção da marca de seu negócio, entre em contato com a Primi Tecnologia, no (011) 4154-6563 ou contato@primi.com.br

Primi - 2018 © Todos os Direitos Reservados
Feito com por Fortram.