CUIDADO! ENFEITES COM LUZES NATALINAS PODEM SER PERIGOSOS

      1024 537 Primi

      Com a chegada das festas de fim de ano é comum ver residências, lojas, empresas e vários outros estabelecimentos enfeitados com iluminação natalina. O tradicional pisca-pisca é um item essencial na decoração de Natal, mas este costume muitas vezes pode trazer perigos como choques elétricos, curtos-circuitos e até incêndios de grandes proporções.

      De acordo com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), no Brasil, as luminárias natalinas são regulamentadas pela Portaria Inmetro Nº27/00. Elas devem atender aos requisitos obrigatórios informados em português (tensão, corrente, potência máxima do conjunto e o nome, marca ou logomarca do fabricante ou importador). Os produtos não podem apresentar material ferroso no condutor e os plugues devem atender ao padrão brasileiro (com pinos de 4 mm).

      Desta forma, o cuidado deve começar na hora de comprar da iluminação. O consumidor precisa certificar se o produto tem o selo do Inmetro porque, caso contrário, o produto não terá nenhuma garantia.

      Ao fazer a instalação do pisca-pisca, verifique se não há muitos outros produtos elétricos plugados simultaneamente na mesma tomada. Isso pode gerar uma sobrecarga de energia e causar curto-circuito. É importante também verificar se na fiação do pisca-pisca há emendas, fios soltos ou lâmpadas queimadas nas conexões.

      Existe um outro erro muito comum que poucos percebem: é exposição das luzes de Natal em ambientes com umidade. Isso pode resultar em choques elétricos, já que água e eletricidade não combinam. Se sua intenção é colocar pisca-pisca em um pinheiro ou outra árvore natural que tenha umidade, o ideal é que a iluminação seja conectada a um filtro de linha ideal. Este produto pode ajudar a amenizar os perigos de curtos.

      Também é recomendado nunca utilizar luzes elétricas numa árvore decorativa feita de metal. Este tipo de enfeite poderá ficar carregado com eletricidade por causa de luzes com defeito, o que pode levar a uma eletrocussão, que é a exposição do corpo à uma dose letal de energia elétrica.

      Outras recomendações importantes são: apagar todas as lâmpadas ao dormir ou quando não tiver ninguém em casa. Evitar colocar as árvores próximas de materiais de fácil combustão como papel, madeira ou plástico ou de fonte de calor como lareiras, fogão e aquecedores.

      As luzes natalinas poder proporcionar um grande perigo também para cachorros, gatos e outros pets. Os animais podem ser eletrocutados ao brincar ou morder a fiação do pisca-pisca. É bom tomar cuidado e colocar uma proteção para que os bichos não se aproximarem das instalações.

      Seguindo estas recomendações, todos podemos ter nossos ambientes enfeitados para as festas de final de ano e passar o Natal em segurança.